Nova Mutum debate manejo de soja em dia de campo da Fundação MT

28/01/2019 08h40 - Atualizado em 28/01/2019 08h40
Por: Assessoria

A Fundação de Apoio à Pesquisa Agropecuária de Mato Grosso (Fundação MT) realizou nos últimos dias 24 e 25 de janeiro, o projeto "Fundação MT em Campo", o evento foi aberto ao público e aconteceu no Centro de Aprendizagem e Difusão (CAD) em Nova Mutum.

O foco do dia de campo foi debater o desempenho produtivo das lavouras do cerrado, com desta aos temas: Desenvolvimento radicular as soja, variabilidade espacial, manejo de nematoides, níveis de adubação no sistema de soja e milho safrinha, vitrine dos cultivares de soja, controle químico de doenças da cultura da soja entre outros temas.

 

O Diretor Técnico da Fundação MT, Leandro Zancanaro, argumenta que do durante o dia de campo a classe produtora teve acesso aos experimentos montados no Centro de Aprendizagem e Difusão. "Esta foi a oportunidade de se informações em tempo real, in loco, de maneira prática e didática, vendo no campo a reação da planta a cada manejo diferente", citou.

O dia de campo faz parte do Fundação MT em Campo e teve como objetivo de aproximar pesquisadores, resultados de pesquisas, informações e dados com a classe produtora. Na ocasião, foram apresentadas 12 estações com temas específicos e com demonstrações a campo. Os visitantes embarcaram em "trenzinhos" e a cada 60 minutos passaram em uma estação a escolha deles. Além disso, também ficaram livres para caminhar entre uma estação e outra.

O secretário de Agricultura e Meio Ambiente de Nova Mutum, Renato Kremer esteve presente no evento e acrescentou a importância destes debates para o fortalecimento da cultura da soja. "Esses eventos promovidos pela Fundação MT são fundamentais, pois trazem para a classe produtora temas específicos sobre a cultura da soja. Essas informações podem ser estratégicas para termos safras com melhor desempenho", relata.