Instituto Santa Rosa assume gestão do Hospital Municipal de Nova Mutum

29/05/2018 14h59 - Atualizado em 29/05/2018 14h59
Por: Edinaldo Nogueira – Assessoria

O instituto Santa Rosa assume a partir do próximo dia 1º de junho a Gestão Pública do Hospital Municipal que estava sendo gerido pela Organização Social São Camilo.

O instituto é ligado ao grupo Santa Rosa que desde 1992 é referência em saúde de qualidade em Mato Grosso, através do hospital Santa Rosa em Cuiabá.

 

O contrato de gestão emergencial que terá prazo de validade de seis meses foi assinado na manhã desta terça-feira, 29, no Gabinete Municipal e contou com a presença do prefeito de Nova Mutum Adriano Xavier Pivetta, vice-prefeito Leandro Félix Pereira, deputado Estadual Guilherme Maluf, presidente do Grupo Santa Rosa dr. José Ricardo de Mello, presidente do Instituto Santa Rosa, Mara Lílian Soares Nasrala, diretor Operacional Gledson Yuri, gestor de Projetos no Hospital Santa Rosa Alex Cuba, presidente da Câmara de Vereadores Airton Pessi, chefe de Gabinete João Batista, secretários municipais e vereadores.

A proposta do Instituto Santa Rosa é trazer um novo conceito de saúde para Nova Mutum. Conforme a direção da instituição o foco é transformar o município em referência em saúde, oferecendo serviços de média e alta complexidade.

 

A Prefeitura havia aberto, em maio deste ano, um processo licitatório para definir qual instituição passaria a gerir o hospital, uma vez que o contrato de gestão com o São Camilo não poderia mais ser prorrogado. Como não houveram interessados naquela ocasião, o município iniciou as tratativas para contratar uma nova instituição para gerir o hospital municipal por seis meses. Garantindo que não houvesse nenhum hiato de tempo descoberto de atendimento à saúde.

As negociações com o Instituto Santa Rosa já vinham sendo tratadas há algum tempo e foi finalizada com o comprometimento do município em dar todas as condições para que a instituição possa desenvolver seu plano de trabalho.

 

O presidente do grupo Santa Rosa, José Ricardo de Mello explicou que a Instituição foi desafiada a sair da zona do conforto, ampliando suas ações de Cuiabá para o interior. "Nova Mutum é uma cidade estratégica para os planos do nosso grupo, queremos trazer para esta cidade os mesmos serviços, com a mesma qualidade que oferecemos em Cuiabá. Nossa meta é atender aqui média e alta complexidade evitando assim que os pacientes sejam deslocados até a Capital em busca de atendimento", destaca.

O deputado estadual Guilherme Maluf, fundador do Grupo Santa Rosa falou que Nova Mutum é uma cidade diferente das demais do Estado, com gestão diferenciada e focada no futuro. "Quando uma gestão não fica olhando no retrovisor e olha para o futuro é sinal de comprometimento. Não tenho dúvida de que Nova Mutum será uma referência em saúde para o Estado", cita.

O procurador Geral do Município, Alex Maciel ressalta que todo tramite foi feito dentro de um processo ágil e transparente. Ele argumentou ainda que o Instituto Santa Rosa pretende utilizar a mão de obra usada atualmente. "Eles nos garantiram que aqueles colaboradores que quiserem permanecer em suas funções terão a oportunidade. Uma realocação para que todos continuem prestando seus serviços será feita, obviamente que dentro da nova metodologia que o Santa Rosa vai implementar na gestão do hospital", afirmou.

Já o prefeito Adriano Pivetta disse que esse é um momento histórico para a saúde de Nova Mutum. "Não tenho dúvidas de que hoje estamos dando um passo muito importante para avançarmos ainda mais no fortalecimento da saúde. Esse dia entrará para a história", comemora.

O gestor enalteceu ainda o trabalho prestado pelo São Camilo durante os últimos seis anos. "Hoje encerramos um ciclo com a São Camilo, mas preciso destacar o quanto eles foram fundamentais para nossa saúde, foi uma instituição séria que cumpriu a risca o que foi lhe dado de tarefa, somos gratos por tudo que fizeram", agradeceu.

O chefe de Gabinete João Batista, que já ocupou a pasta de secretário de Saúde de Mato Grosso entende muito bem os gargalos da área no Estado, ele avaliou o contrato de gestão entre a Prefeitura e instituto Santa Rosa como um grande salto. "Eu conheço muito bem a triste realidade que o estado passa, mas em Nova Mutum é diferente, temos uma gestão idônea que cumpre com aquilo que é acordado, é por isso, que o Santa Rosa aceitou fazer e contrato e com isso queremos tornar Nova Mutum uma referência em saúde para toda região e estado", detalha.